+55 84 4005.0505

MEIO AMBIENTE e AGRONEGÓCIO

MEIO AMBIENTE e AGRONEGÓCIO

Referência no mundo pela liderança na produção e na competitividade, o agronegócio brasileiro continuará sendo um vetor para gerar crescimento e um importante fator para atrair investidores, principalmente na área de logística

Precisamos preservar o meio ambiente para desenvolver negócios sustentáveis e é aí que aparece o agronegócio, que, atualmente é a locomotiva da economia brasileira, representa um quarto do produto interno bruto (PIB), responsável por um de cada três empregos criados e responde por quase metade das exportações brasileiras.

E mais importante, o crescimento do setor do agronegócio vem sendo pautado pela sustentabilidade. Produzimos com qualidade, sanidade vegetal e animal e com respeito ao meio ambiente.

Temos 66,3% do território brasileiro coberto de vegetação nativa, o que equivale a área dos 28 países da União Europeia e ainda sobre espaço para quase quatro Noruegas. E temos uma das leis ambientais mais completas do mundo, mas que impõe um ônus ao produtor rural brasileiro, o que não existe em nenhum outro lugar do planeta. Dentro dos imóveis rurais são reservados 20,5% do território brasileiro, coberto com vegetação nativa, o que equivale, sendo bastante conservador, a cerca de R$ 2 trilhões imobilizados a serviço do meio ambiente.

Em 2017, o agronegócio foi o principal fator responsável por tirar o Brasil da recessão. O setor cresceu 13%, acima de todos os outros setores da economia, e impulsionou o Produto Interno Bruto (PIB) no período. Dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) mostram que a agropecuária já é responsável por 23,5% do PIB, gerando empregos, renda e crescimento no Brasil.